Acorda monstro!

wallpaper_lg3_23

Regressou o sono pelas portas da vida, pelas águas turvas dos sedimentos do mar. Acalmou a ânsia da predação telúrica que subia dos fundos, despertou os sonhos mortos gravados nas pedras das praias e no peito arqueado dos destroços das naus. Adormeci afogado na biomassa das ondas, rejeitando a sabedoria diluída no sal e os tesouros enterrados na lama. Parti para os sonhos gelados das águas, onde encontrei os meus semelhantes cobertos de escamas e os meus predadores agitando os braços. Na fúria salgada da fome lançaram arpões carregados de sangue e cantaram com voz estragada os versos rasgados da guerra da vida. O meu corpo morto continua no sono e no sonho, no sonho e no sono, artérias envenenadas, cérebro esfacelado, coração embalado… quando um igual passa por mim veloz e declama em prosa… Acorda monstro!

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s